Sabe aquela sensação de dificuldade em manter o foco e a concentração, insônia e preocupação durante a noite e aquele sentimento de cansaço durante o dia? Esses são alguns indícios de que você pode ser uma pessoa com ansiedade e isso pode estar te atrapalhando nos estudos. 

Mas não se preocupe! A ansiedade é mais comum do que você pensa e o melhor: há várias chances de driblar-lá na hora dos estudos. Continue lendo para saber como! 😊

Quais são os principais sinais de ansiedade?

A ansiedade é um sentimento bastante comum e afeta milhões de pessoas diariamente. Durante os estudos ela acaba surgindo bastante, principalmente naquelas semanas de provas e de entregas importantes. 

São vários os sintomas de ansiedade e eles variam de pessoa para pessoa. Mas existem alguns que são bastante característicos, como: a mão fica tremendo e até mesmo suada, às vezes bate uma tosse mais seca, o coração dispara e em alguns casos, a falta de ar. 

A ansiedade acaba atrapalhando bastante a resolução dos problemas e quem consegue manter um controle, acaba se saindo melhor, não é mesmo? 

A ansiedade pode prejudicar os estudos? 

Aquele momento difícil do semestre está se aproximando e você percebe que a ansiedade também está chegando. Junto com ela, existem alguns outros fatores que podem prejudicar – e muito – o seu dia a dia. Vamos conhecê-los? 

Memória mais “fraca” 

O estresse e a ansiedade estimulam o corpo a produzir uma substância chamada Quinase C (PKC). Com o aumento dessa substância, é possível que a memória de curto prazo seja afetada, fazendo com que o conteúdo não chegue até a memória de longo prazo, causando esquecimento na hora da realização de provas e apresentações. 

Bloqueio 

Sabe quando dá aquele “pane no sistema”? Isso também pode se dar em decorrência da ansiedade. 

Quando estamos mais ansiosos, o cérebro entende que estamos sob ameaça e aumenta o nível de cortisol, que, embora seja conhecido como “hormônio do estresse”, tem o papel de nos proteger. E em um curto prazo, o cortisol pode provocar um bloqueio na mente, dando aquele “branco”.

Cansaço e Insônia

O cérebro recebe a mensagem de perigo e deixa o corpo em estado de alerta. É por isso que a respiração fica mais curta e os batimentos bem acelerados, deixando o corpo bastante cansado. Além disso, a mente fica bastante ativa, o que acaba tirando o sono e até mesmo despertando pesadelos. 

Mas, o bom é que: durante essa luta contra a ansiedade, você consegue driblá-la e sair como campeã. Vem descobrir como: 👇

E como driblar a ansiedade nos estudos?

Sabemos que não é nada fácil acalmar o coração e se concentrar nos estudos, mas existem algumas atitudes que podem ajudar bastante durante esses momentos. 

Enfrente os trabalhos e as provas

Os testes são uma realidade do mundo acadêmico e não tem como fugir. Mas é importante lembrar que eles também não definem o profissional que você é, então a melhor forma é encará-los. É importante focar no aprendizado durante as aulas que os resultados serão sempre positivos. 🙂 

Deixe o local de estudo organizado 

Quando o ambiente de estudos está bem organizado, é mais fácil de encontrar o que procura e se concentrar. Para aqueles que têm aula no EaD e até mesmo na modalidade Flex, esse é o mesmo espaço utilizado para as aulas e é importante que o ambiente possibilite a concentração e o foco. Com o local de estudos mais organizado, a sua produtividade também aumenta! 

Não deixe o estudo para a última hora 

Porque deixar para a última hora aquilo que você consegue realizar com antecedência e ainda evitar a ansiedade? 

A autoconfiança de dominar o conteúdo ajuda muito a controlar o nervosismo. Por isso, é importante planejar a sua rotina! O planejamento irá te ajudar a manter os estudos em dia. Assim você também perceberá que o esgotamento diminuirá e você irá entender e separar o que é prioridade e o que não é. 

Exercícios de respiração podem ajudar

Respira, inspira e não pira! 

A respiração pode ajudar bastante a controlar os sintomas da ansiedade. Para se acalmar, tente inspirar de forma lenta e profunda até encher o peito completamente.

Segure a respiração por dois segundos e então solte o ar ainda mais devagar até expelir todo o ar. 

Espera mais dois segundos até começar a inspirar de novo. 

Tire um tempo para você 

Não foque somente nos estudos: descanse o corpo e a mente, principalmente aos finais de semana. 

Separe um tempo para você dedicada para o seu descanso. Você merece esse tempo e deve curtir sem culpa! Opte por fazer coisas que te façam feliz, como tirar um tempo com a família, praticar um hobby ou assistir aquela série que você ama.

Esse tempinho relax vai ajudar bastante a deixar o coração mais calmo e cultivar uma rotina mais equilibrada. 

Busque ajuda profissional

Você não precisa passar por tudo isso sozinho! Existem profissionais que podem te ajudar durante esse momento, não precisa ter vergonha de buscar ajuda. 

Além disso, o SOU também pode te ajudar.  
O SOU é o Serviço de Orientação Universitária e está à disposição de todos os estudantes da Católica SC por meio do e-mail de contato sou@catolicasc.org.br.

Veja também: 

6 passos para vencer a procrastinação
Que tal criar metas positivas para 2021? 
SOS Católica SC: Guia de sobrevivência para o último ano

Espero que com essas dicas você consiga driblar a sua ansiedade! 
Nos encontramos no próximo blog ou nas redes sociais, me segue lá 😉  Facebook e Instagram

Até o próximo post! ❤️ 

Fontes: Escola Conquistadora, Soul Medicina, Próximo Concursos