Ingressar em um curso de graduação é o sonho da maioria dos estudantes que acabam de sair do ensino médio.

Mas para muitos, a realidade bate à porta, os boletos chegam e esse plano acaba sendo adiado, postergado e até esquecido. E quando percebe já está na casa dos 30, 40, 50, 60 anos…

Para você ter uma ideia, aqui no Brasil apenas 14% dos adultos são formados no ensino superior. Isso é menos da metade dos países desenvolvidos e esse número reflete em diversos aspectos no nosso país. 

Mas se você está se perguntando: vale a pena começar a fazer uma faculdade a essa altura da vida? Depois de ter filhos, casar, construir uma carreira… Claro que a resposta é S-I-M!

Se você tem a oportunidade de realizar o sonho de conquistar um diploma, de se reposicionar ou entrar no mercado, conquistar um salário melhor e ainda estudar algo que você gosta, por que não investir?

E você não está sozinho(a) nessa, não. Um levantamento realizado pelo Ministério da Educação, entre 2013 e 2017, apontou que a quantidade de estudantes acima de 40 anos em cursos de graduação cresceu 16,5% no país. 

A pesquisa também apontou que a melhor condição financeira e a conquista de uma boa gestão de tempo foram decisivas para esse grupo ingressar na universidade.

Também entraram na lista de fatores decisivos a necessidade de se manter atualizado e pronto para se adaptar às novas profissões que estão para surgir no mercado de trabalho.     

Então, para te convencer de vez a começar o seu curso de graduação, separamos alguns (de muitos) benefícios de voltar a estudar. Vem com a gente!

1. Você tem mais maturidade e foco 

Lembra aquela dúvida que te perseguiu por meses e meses no ensino médio de qual carreira seguir? Depois dos 30 anos ela não tem a mesma intensidade. Ainda bem, né?

Alguns anos se passaram, você já viveu muitas experiências, encontrou novos interesses, descobriu muitas coisas que não te agradam e está mais certo(a) dos seus planos pessoais e profissionais para os próximos anos da sua vida.  

Outra vantagem é que agora você é uma pessoa mais focada e as chances de levar a faculdade a sério, se dedicando às matérias, cumprindo prazos e buscando fazer o seu melhor são muito maiores do que aos 18 anos.

2. Preparado(a) para o mercado de trabalho
Se você quer entrar no mercado de trabalho agora ou deseja começar a trabalhar em um novo segmento, a graduação é a sua principal aliada para essa meta.

Estar em uma sala de aula é a oportunidade perfeita para aprender e se atualizar com os melhores profissionais da área, além de se preparar para oferecer o que o mercado tem exigido atualmente.

Independente da idade, a sua disposição e dedicação de aprender vai transparecer nas entrevistas a sua busca por evolução profissional e o seu interesse por desempenhar a nova função.

Os líderes atuais valorizam muito o perfil do colaborador disposto a se capacitar para entregar o melhor sempre que possível. Confie no seu potencial! ❤️
 

3. Para dar um up na carreira
Como já falamos, um dos motivos para as pessoas adiarem o sonho da faculdade é que elas precisam trabalhar para conseguir pagar as contas e alcançar suas primeiras conquistas materiais. 

Com o tempo, elas se tornam especialistas no segmento em que atuam. No entanto, na maioria dos casos chega a uma altura em que a carreira fica estagnada, pois muitas empresas atrelam salários e responsabilidades maiores conforme a formação do profissional. 

Na hora de contratar ou promover um colaborador, as companhias avaliam se o profissional fez uma faculdade, uma especialização, se está sempre se atualizando, realizando cursos livres e, claro, se é um pessoa proativa, que apresenta melhorias nas atividades que desempenha e que agrega na performance da empresa.

Com a graduação você vai conhecer a teoria e também vai ampliar a sua visão de atuação através das aulas práticas, permitindo compreender melhor todos os processos que envolvem seu segmento de atuação e, consequentemente, vai conseguir aplicar as melhorias mais adequadas nele. 

4. Para conquistar estabilidade financeira  

Um dos estudos realizados pelo IBGE revelou que quem tem uma graduação ganha, em média, 2,5 vezes mais que os trabalhadores que apenas concluíram o ensino médio. Um número bastante motivador para traçar um plano de carreira e colocar em prática o sonho de conquistar um diploma de ensino superior, não é mesmo?  

Lembrando que cursar uma graduação também aumenta o seu entendimento do mercado de trabalho, te deixando mais analítico(a) para aproveitar as oportunidade de empreender.

5. É possível conciliar trabalho, estudos e família
Se tem um fator que pesa muito no momento de decidir fazer uma faculdade depois dos 30 anos é se vamos dar conta ou não de conciliar trabalho, estudos e família.

Isso é possível se, por exemplo, durante a semana você priorizar o trabalho, o estudo e dedicar um tempo de qualidade com a família aos fins de semana.  

No entanto, muitas pessoas querem estar presentes com a família nos principais momentos do dia. E mesmo assim, é possível realizar uma graduação sem prejudicar esse tempo em casa. É aqui que entra a graduação semipresencial e EaD.

Na primeira modalidade você realiza a graduação toda à distância, com a necessidade de comparecer no Câmpus da instituição apenas para as provas semestrais. 

Na segunda modalidade, a semipresencial, você aproveita todas as vantagens do ensino à distância combinando com as aulas práticas do ensino presencial.

Você também vai gostar de:
Conheça os novos cursos semipresenciais da Católica SC

Esses formatos facilitam muito a rotina corrida, né? Afinal, assim você consegue cumprir todas as obrigações do trabalho, estar pertinho da família e ainda investir na sua capacitação. 

Vai rolar uma correria? Vai. Mas vai valer muito a pena! E falando sobre os desafios que surgem no meio do caminho do sonho de cursar uma graduação, separamos esse infográfico aqui para te inspirar. Confira e reflita com carinho, tá bem? 🙃

Agora, voltando aos motivos para você fazer uma graduação…  

6. A importância de aprender constantemente
Você sabia que o ato de aprender constantemente aumenta a plasticidade do cérebro? Isso ajuda a pessoa a conquistar uma nova forma de encarar os problemas do dia a dia. 

Uma pesquisa muito importante, realizada na década de 1980, revelou que o nosso cérebro tem o poder de mudar de acordo com os estímulos que recebemos e conforme as necessidades do nosso organismo.

Novas células surgem e se deslocam para as áreas onde são mais necessárias, conforme a demanda que o cérebro recebe.

Ou seja, o cérebro se ajusta para dar conta das novas habilidades que queremos desenvolver, seguindo os estímulos que são apresentados a ele, ampliando a sua plasticidade e deixando ele sempre ativo. Incrível, né?

Um exemplo de tudo isso é o resultado de outra pesquisa realizada com os motoristas de táxis e de ônibus de Londres, que revelou que os taxistas ingleses têm o hipocampo do cérebro maior que os dos motoristas de ônibus.

Isso acontece porque eles exploram muito mais os espaços da cidade, rodando com o carro por vários endereços, enquanto os motoristas de ônibus realizam as mesmas rotas de ida e de volta diariamente. 

Aprender amplia a nossa visão de mundo, aprimora o senso crítico e deixa a gente mais analítico e compreensivo. Tudo isso traz benefícios para a saúde mental e também na forma de lidar com as pessoas.

Pode parecer clichê, mas nunca devemos achar que não precisamos ou não temos mais a capacidade de aprender.

7. Para ter uma visão mais “jovem” 

Entre as habilidades comportamentais mais exigidas pelo mercado de trabalho estão a do profissional ter uma visão de dono em relação à empresa, visão de futuro e ser criativo.

Porém, com o passar dos anos, a gente tende a ficar mais acomodado(a) na nossa forma de pensar e agir, deixando de adquirir novas referências ou de aumentar o nosso repertório.

Preservar uma mente jovem significa nos manter curiosos para descobrir coisas novas e para aprender mais, ficando mais atentos para analisar os diferentes cenários e conseguir encontrar as melhores soluções para os desafios que podem surgir.

Fazer uma graduação após os 30 anos vai estimular tudo isso em você. E você não vai aprender apenas com os professores, mas também com os colegas, vai descobrir como lidar com muitas pessoas diferentes e vai se manter alerta a tudo que acontece ao seu redor. 

Leia também: 9 habilidades comportamentais que estão em alta no mundo atualmente

8. Realização pessoal e aumento da autoestima
Por último e não menos importante, na hora de escolher uma faculdade, além de analisar as oportunidades no mercado de trabalho, você precisa pensar em você, é claro.

Sabemos que nem sempre encontrar uma boa oportunidade de trabalho é uma tarefa rápida ou fácil, porém todos os empregos geram aprendizados e agregam valor e vivência.

Aposta quanto que você ainda vai aplicar os aprendizados adquiridos naquele emprego que não gerou tantas lembranças boas assim? Até as experiências ruins oferecem informações para você evoluir, compreender os diferentes cenários e apresentar soluções melhores no dia a dia.

Outro super motivo é que a conquista da realização de uma graduação faz a sua autoestima ficar lá em cima. O fato de dar o seu melhor e de estar conquistando um sonho antigo gera aquela sensação de dever cumprido, que você vai levar por toda a vida. ❤️

Mas, Católica SC, eu vou conseguir uma vaga no mercado de trabalho ou tô perdendo tempo? 
Você consegue sim! O mercado de trabalho sempre vai ser competitivo, seja para quem acabou de sair da universidade, aos 21 anos, ou para quem está à procura de um novo emprego aos 55 anos. 

No atual cenário, quem busca se capacitar e desenvolver novas habilidades constantemente passa na frente dos concorrentes.

Por isso, independentemente da sua idade, saiba que é possível construir uma carreira com muitas conquistas.

Bom, ficou bem claro que os benefícios de fazer uma graduação depois dos 30 anos são muitos, desde a valorização profissional até a melhora da autoestima.

Seja com 18, 25, 39 ou com 80 anos… Não tem idade para você seguir um sonho. Invista em você! Aproveite também para compartilhar esse texto com as pessoas da sua família ou com quem você sabe que sempre quis fazer faculdade, mas acha que já passou do tempo. Sempre vale dar aquele empurrãozinho amigo, né? 😉

Depois siga a Católica SC no Instagram e no Facebook. Por lá postamos todas as novidades do Centro Universitário e muitas outras dicas como essa.

Até a próxima. Tchau! 😘

Fontes: Quero Bolsa, Guia da Carreira, O Tempo, Vai de Bolsa, Bruno Figueredo.