Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina UNIEDU | Unidade Joinville
Topo do site
Inscreva-se Cursos Formas de ingresso Bolsas e Financiamentos Telefone
Início do menu
Início do Conteúdo

Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina UNIEDU

As Bolsas do Programa Uniedu podem ser solicitadas semestralmente.

PARA SOLICITAR BOLSA PARA 20192 CLIQUE AQUI (inscrições até 26 de Agosto de 2019)

Bolsa de Estudo e Pesquisa com recurso do Artigo 170 da Constituição Estadual de Santa Catarina

O Governo Estadual destina uma verba para os acadêmicos economicamente carentes matriculados em Instituições de Ensino Superior. Essa verba é aplicada em bolsas de estudo e de pesquisa regulamentadas pelas Leis Complementares nº 281, de 20 de janeiro de 2005, nº 296, de 25 de julho de 2005 e nº 420, de 01 de agosto de 2008.

Quando e como se inscrever?

A cada semestre é divulgado um edital com as informações necessárias para a inscrição no Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina UNIEDU. O acadêmico deverá preencher o formulário de inscrição e entregar os documentos conforme estabelecido em Edital no local informado pelo mesmo.

Como saber se sou apto a participar?

  • Você não deve possuir um diploma de curso superior;
  • Não deve receber, para pagamento das mensalidades, bolsa de estudos de municípios, auxílio-empresa, Programa Novos Valores ou outra forma de auxílio acadêmico.
  • Deve comprovar a participação por no mínimo 20h em programas e projetos sociais com visão educativa propostos pela instituição;
  • Deve estar regularmente matriculado e cursando o respectivo semestre;
  • Deve possuir carência socioeconômica.

Como receber a bolsa de estudos?

O acadêmico selecionado deverá comparecer na Católica de Santa Catarina para assinar os recibos da Bolsa, nos prazos estabelecidos e divulgados no e-mail do acadêmico selecionado.

Não comparecendo para assinatura dos recibos na data pré-estabelecida, o acadêmico perderá a parcela correspondente.

Qual o percentual concedido pela bolsa de estudos?

O desconto varia entre 25% e 100% sobre o valor integral das mensalidades do semestre no qual o acadêmico requereu a bolsa, conforme o índice de carência.

Pessoas com deficiência, de acordo com a lei, têm direito ao recebimento de bolsa de 100% sobre as mensalidades de cada semestre.

O percentual é calculado a partir de uma fórmula matemática, que gera a pontuação do candidato conforme as informações do formulário de inscrição. A pontuação do candidato poderá sofrer alterações de acordo com a conferência dos documentos por parte da Comissão Técnica do Artigo 170 na Católica de Santa Catarina, a nota de entrevista, a visita domiciliar e a decisão da Comissão de Fiscalização.

Quais são os deveres para quem recebe a bolsa de estudo?

Conforme a Lei Complementar nº 281/05: “quem receber uma ou mais parcelas da Bolsa de Estudos deverá comprovar a participação de 20h em programas e projetos sociais, com visão educativa, propostos pela universidade em seus projetos de extensão aprovados pelo Conselho de Desenvolvimento Regional”.

O não cumprimento das 20h em programas e projetos sociais implicará em perda do benefício recebido, bem como no impedimento de nova inscrição na Bolsa de Estudos do Artigo 170.

Denúncias

Qualquer pessoa pode formalizar uma denúncia, que deverá ser dirigida à Comissão de Fiscalização do Artigo 170 da CESC na Católica de Santa Catarina. Ela pode ser entregue por escrito na Central de Atendimento, para a Assistente Social ou enviada pelo e-mail denunciaart170@catolicasc.org.br. O sigilo sobre a identidade do denunciante é assegurado pela Comissão.

A denúncia será apurada. O acadêmico que falsificar documentos ou informações terá a bolsa de estudos cancelada e estará sujeito a restituir com correção os valores dela recebidos, que serão repassados aos alunos que se encontram na ordem de classificação. O acadêmico ficará impedido de candidatar-se a futuras inscrições.

PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS

PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS COM VISÃO EDUCATIVA PARA ACADÊMICOS QUE RECEBEM BOLSA DE ESTUDOS DO PROGRAMA UNIEDU COM RECURSO DO ARTIGO 170 DA CONSTITUIÇÃO ESTADUAL DE SANTA CATARINA

O Setor de Projeto Comunitário e Extensão do Centro Universitário – Católica de Santa Catarina é responsável pela coordenação dos programas e projetos de extensão com visão social e educativa. Esses programas e projetos são propostos para que o acadêmico que recebe Bolsa de Estudos com recurso do Artigo 170 da Constituição Estadual de Santa Catarina possa cumprir com a contrapartida legal das 20 horas de participação em programas e projetos de extensão institucionais.

A Instituição elabora os programas ou projetos, encaminha para aprovação do Conselho de Desenvolvimento Regional do Estado e depois divulga os projetos via e-mail para os acadêmicos que estão recebendo a bolsa de estudos.

É responsabilidade de o bolsista procurar o Setor de Projeto Comunitário e Extensão para inscrever-se nos programas e projetos oferecidos.

O acadêmico que receber uma ou mais parcelas da Bolsa de Estudos com recurso do Artigo 170 deverá, obrigatoriamente, participar desses projetos e finalizar 20 horas de participação, como prevê a legislação vigente. No caso do não cumprimento da contrapartida legal até a próxima inscrição para a Bolsa de Estudos, o acadêmico perde o direito de receber bolsa em um novo semestre.

Conheça a Lei Complementar 281 de 20 de janeiro de 2005, que regulamenta a prestação de serviço em programas e projetos sociais com visão educativa do Artigo 170 da CE de SC.

Termo de Adesão aos Programas e Projetos Sociais com Visão Educativa.

Lei Complementar nº 281, de 20 de janeiro de 2005

Lei Complementar nº 296, de 25 de julho de 2005

Lei Complementar nº 420, de 01 de agosto de 2008

Revisão do Processo do Artigo 170 da CESC

 

Portaria Equipe Técnica Joinville:

01.19 Equipe Técnica de Avaliação – Joinville

 

Portarias membros da Comissão de Fiscalização de Joinville:

05.19 Representante Gered Joinville

04.19 Comissão Ad Hoc – Joinville

03.19 Representante entidade organizada da sociedade civil – Joinville

02.19 Representantes discentes da Comissão de Fiscalização de Joinville

02.17 Representantes da Católica de Santa Catarina na Comissão de Fiscalização_Joinville



< Voltar