Estudantes da Católica SC faturam duas medalhas de ouro e uma de prata em competição internacional de robótica | Unidade Joinville
Topo do site
Inscreva-se Cursos Formas de ingresso Bolsas e Financiamentos Telefone
Início do menu
Início do Conteúdo

O Grupo de Robótica da Católica de Santa Catarina ganhou duas medalhas de ouro e uma de prata na 13ª Winter Challenge – competição internacional de robótica, realizada em São Caetano do Sul (SP) na última quinta-feira, sexta, sábado e domingo, dias 6,7, 8 e 9. O torneio contou com a participação de oito alunos – sete da unidade de Jaraguá do Sul e um do câmpus de Joinville – dos cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia de Software e Sistemas de Informação.

A equipe Wickedbotz sagrou-se campeã nas categorias “Seguidor de Linha Pró” e “Seguidor de Linha Júnior”. Neste segmento, os robôs seguem uma linha pré-definida, em que ganha quem tem o menor tempo. O professor responsável pelo Grupo de Robótica, Manfred Heil Junior, comenta que a vitória é fruto do esforço da equipe, que se dedicava desde janeiro para melhorar o desempenho dos robôs.

O robô Herbie, que disputou a categoria “Seguidor de Linha Pró”, reduziu o tempo de prova em quase três vezes em relação à disputa no ano passado: enquanto em 2016 Herbie completou o circuito em 45 segundos, nesta edição ele levou apenas 12,66 segundos. Manfred destaca que a disputa nesta categoria foi extremamente competitiva: havia 68 robôs disputando a medalha de ouro.

O outro robô campeão foi Light, representante da categoria “Seguidor de Linha Júnior”. Light terminou o desafio em 7,95 – quase metade do tempo do segundo colocado, que encerrou em 13,94 segundos. De acordo com Manfred, esse desempenho foi conquistado graças ao trabalho em equipe envolvendo estudantes dos cursos de Sistemas de Informação, Engenharia de Software, Engenharia Mecânica e Engenharia Elétrica. “A integração multidisciplinar entre as três áreas garantiu que melhorássemos a performance, a inteligência e a eficiência da parte elétrica e eletrônica do robô. O resultado foi o reconhecimento obtido na competição: o Grupo de Robótica da Católica SC é o melhor do Brasil e da América Latina na categoria seguidor de linha”, orgulha-se o professor.

A medalha de prata foi conquistada na categoria “Trekking’, quando o robô precisa desviar de obstáculos e chegar em três objetivos determinados em um campo de futebol, utilizando sensores. O robô Earth Rover, que já acumula histórico de campeão e era uma das grandes apostas do grupo, teve sua performance melhorada pelos estudantes nos últimos meses. O robô ganhou medalha de ouro na Winter Challenge de 2014 e ficou na terceira colocação na edição de 2016.

Promovida pela Robocore, a Winter Challenge é o maior combate de robôs da América Latina. Os estudantes da Católica SC que participaram da disputa são: Francielly Taynara Pinter Alegre, Igor Fachini, Giliard Ribeiro Beda, Jocemar Martins Godoy, Marlon Fellipy Fauser, Ruan Carlos Tilmann, Tainá Herhardt Arnoldo William Parlow Nichelatti. O grupo estava acompanhado dos professores Manfred Heil Junior e Rodrigo Mello Mattos Habib Gregor, e dos convidados Vanderson Sousa e João Guilherme Vargas

Sobre a Wickedbotz

A Wickedbotz é uma equipe de robótica formada por acadêmicos dos cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Software e Sistemas de Informação das unidades de Jaraguá do Sul e Joinville. Desde o seu surgimento, em 2008, o grupo tem se destacado em competições dentro e fora do país. Na Winter Challenge – campeonato internacional de robôs – o grupo foi campeão em 2014 e ganhou medalha de bronze em 2016. Também no ano passado, a Wickedbotz também conquistou o título de bicampeã do Campeonato de Robótica Móvel da Udesc.

Entre as iniciativas recentes da equipe estão a criação da caixa de areia de realidade avançada – que permite aos alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil simularem alterações topográficas no ambiente -, e do sistema inédito de sensoriamento de máquinas agrícolas. Esta iniciativa busca melhorar o desempenho dos tratores da New Holland, fabricante internacional de implementos agrícolas.

A Wickedbotz conta com o patrocínio das empresas Conta Azul, Adapcon e Consistem, e apoio da Bühler, ZHZ, J7s Impressão e Corte Industrial, iSinaliza e Tecnotêmpera.

Outras informações sobre a equipe podem ser obtidas no site www.wickedbotz.com.br.

Equipe Wickedbotz dedicava-se desde janeiro para melhorar a performance dos robôs que participaram da disputa

Equipe Wickedbotz dedicava-se desde janeiro para melhorar a performance dos robôs que participaram da disputa