Projeto inédito desenvolvido pela Católica SC e UFPR começa a ser implantado em março | Unidade Joinville
Topo do site
Inscreva-se Cursos Formas de ingresso Bolsas e Financiamentos Telefone
Início do menu
Início do Conteúdo

Projeto inédito desenvolvido pela Católica SC e UFPR começa a ser implantado em março

Um projeto pioneiro no Brasil desenvolvido pela Católica de Santa Catarina em parceria com a Universidade Federal do Paraná começa a virar realidade dentro de poucas semanas. Em março, as instituições iniciam a implantação de um sistema inédito de sensoriamento de máquinas agrícolas, com o objetivo de melhorar o desempenho dos tratores da New Holland – fabricante internacional de implementos agrícolas.

No ano passado, a Católica SC e a UFPR desenvolveram um protótipo para a New Holland poder medir algumas condições dos tratores, como umidade, temperatura dentro da cabine e conforto acústico. A empresa aprovou o protótipo e forneceu equipamentos para patrocinar uma nova etapa do projeto. A partir de agora, os professores e acadêmicos irão desenvolver o sistema de comunicação – que vai transmitir os dados para um computador através de uma rede de sensores sem fio – e o sistema de armazenamento dos dados que serão coletados.

Um dos professores que participam do projeto, Maurício Henning, também coordenador do curso de Sistemas de Informação da Católica SC, explica que nesta fase serão criadas soluções para medir outros fatores, entre eles a tração de peso, temperatura do motor dos tratores e quantidade de gás carbônico liberado pelo motor.

Essas e outras informações importantes para o desempenho das máquinas serão processadas em tempo real e enviadas automaticamente para a equipe de controle da empresa, na Fazenda Experimental da UFPR em Quatro Barras (PR). “No Brasil, até então essas medições eram feitas apenas manualmente”, comenta Henning.

O professor ressalta que esse controle das condições dos tratores é importante porque, como o projeto das máquinas é desenvolvido no Canadá e na Bélgica, elas precisam ser adaptadas ao tipo de solo e às condições climáticas brasileiras para terem uma melhor performance.

O projeto é liderado por Samir Paulo Jasper, coordenador do Laboratório de Adequação de Tratores Agrícolas do setor de Ciências Agrárias da UFPR. Da Católica SC também participam os professores Luciano Bueno (Engenharia Mecânica), Manfred Heil Júnior (Sistemas de Informação) e Carlos Eduardo Viana (Engenharia Elétrica e Sistemas de Informação); e os acadêmicos Robson Elias Botega (Engenharia Mecânica), Joe Jonas Vogel, João Pedro Schmitt, Antonio Sérgio de Souza Borges Junior, Fabrício Matheus Ronchi Konell e Fernando Gabriel Borgmann, todos do curso de Sistemas de Informação.